A importância da determinação

Atualizado: Jun 17


Determinação é um sentimento pessoal (competência emocional) que coloca a pessoa em uma rota determinada para atingir seus objetivos. Ela pode ser aprendida e incorporada à vida.

No entanto, no mundo em que vivemos, de constante mudanças e desafios cada vez maiores, o grande segredo da determinação é manter-se motivado. Nesse sentido, é fundamental tanto termos pessoas que estejam nos ajudando a manter motivados, quanto desenvolvermos a habilidade de auto motivação. É a motivação que vai nos manter na trajetória.

Como empreendedor, você provavelmente não irá muito longe nos negócios, se você não é bom em se auto motivar. Nos primeiros anos da vida de um novo empreendimento, haverá muitas noites longas, dias estressantes, e carga de trabalho pesadas. Será preciso dar tudo de si no trabalho, todo dia, ou ele vai afundar o melhor de você.


Metas

A capacidade de aperfeiçoar sua determinação deverá ser construída a cada dia, como uma meta pessoal. É do mesmo jeito que fazemos quando construímos um novo hábito. Você precisará aprender a acordar cedo todo dia para manter o negócio vivo, apesar das dificuldades, limitações e adversidades. Você precisa pensar como um leopardo, que precisar ter mais rápido que o cervo, caso contrário irá definhar e morrer de fome.

Nossos objetivos muitas vezes são construídos tijolo a tijolo, como numa catedral. Levará anos e você somente chegará lá se for persistente e continuamente colocar um tijolo após o outro, até que esteja totalmente pronta.


Limitações Pessoais

Entenda que você precisará muitas vezes lutar contra você mesmo. Por exemplo, a timidez é um inimigo que precisei vencer. Eu o enfrentei. Assim, tente olhar no olho das pessoas, apertar mãos e conversar naturalmente com elas. Eu era muito tímido antigamente. Isso passava insegurança, e aparentava despreparo. Ao decidir lutar contra isso, de frente, consegui demonstrar mais confiança e isso trouxe mais resultado. Ainda tenho que vencer muitas limitações pessoais, mas eu decidi superá-las, uma a uma. Portanto saiba quais são as suas, e enfrente-as. O primeiro passo é dar conta que elas existem. Você sabe quais as suas?

Outra limitação que precisei vencer foi o medo de não dar conta. Nosso coração é enganoso, e eventualmente um sentimento de que não somos capazes de aprender algo novo pode nos dominar e paralisar. Penso que se você não tem uma enfermidade ou limitação neurológica ou motora, você pode aprender tudo que quiser. Basta estar determinado, investir tempo em treinamento. Precisa tornar isso interessante, e agradável. Uma mente capaz de insistir, de se motivar, e perseguir a melhoria constante, segue no caminho do aperfeiçoamento (perfeição). A perfeição não é um lugar onde se chega, mais um caminho por onde se passa. E vamos caminhando até que seja dia perfeito (embora nunca chegaremos lá). Hoje sou melhor do que ontem e creio que amanhã serei melhor que hoje. Esse sentimento é que nos faz ir muito mais longe.


Supere-se

Experimente mesmo sem ter segurança e aprenda a se superar. Quando eu tinha dez anos, minha mãe me colocou para levar sozinho o almoço do meu pai ao trabalho. Eu pegava o ônibus sozinho, todos os dias. As primeiras viagens fiz com meu irmão. Mas quando passei a fazer sozinho, penso que deve ter sido muito difícil para ela se permitir deixar que isso acontecesse. Para mim foi uma aventura. Tempos bons, de grande aprendizado. Claro que hoje seria muito arriscado fazer isso, no Brasil em que vivemos. Mas esse exercício pôde construir em mim a capacidade de pensar nos detalhes, a prestar atenção ao caminho, ver as pessoas ao meu redor, e a construir a autoconfiança que tenho hoje.


Dedique-se

Quando eu estava no mestrado (Unicamp), cheguei com confiança e muita esperança. Foi muito difícil naquele tempo, mas somente consegui porque conhecia minhas limitações. Precisaria me superar. Dar o meu melhor. Não paralisei. Virei muitas noites estudando, tomei muito café. Tinha muita dificuldade com a língua naquela época (todos os livros eram em inglês e meu conhecimento era pequeno). Não desisti, desenvolvi e aprendi muito. O desafio foi vencido, com muito suor e lágrimas. Com a ajuda de Deus, com o apoio da minha esposa, e através do meu empenho, pude concluir. Era vencer ou vencer. Não havia outro caminho honroso.


Seja Resiliente

A dificuldade é o combustível para vencer. Ha alguns anos, assisti uma palestra no Sebrae, numa feira de empreendedorismo. Na palestra, ouvi o consultor dizer que já havia "quebrado" várias empresas (suas). E que mesmo assim isso não o fez desistir. Na verdade, essas experiências de fracasso o tornaram melhor. Na época não processei direito isso. Mas com o tempo, pude compreender. Hoje penso diferente. Estou na segunda empresa ainda. Mas aprendi que não devemos desistir de nossos sonhos. Devemos transformar nossos fracassos em aprendizado, para fazer melhor, e conseguir a vitória. A cada etapa, em cada projeto, o que erramos precisam ser corrigidos, e o que acertamos precisam ser repetidos e aperfeiçoados. Não se chega na vitória. Vivemos ela a cada experiência. E entre elas, sempre haverá fracassos, para aprendermos mais ainda.


Tenha sempre novos Desafios

Procure estabelecer metas que continuamente gerem novos desafios. Hoje procuro criar metas que estejam me desafiando. Vejo a vida como uma escola, em que olho com atenção para cada detalhe, em busca de aprender algo novo. Ao me deparar com um artigo interessante, leio e salvo em PDF. Um vídeo, um filme, um livro que conte algo relevante, precisa ser apreciado. Compartilho com amigos. Vivemos melhor se estamos sempre sendo desafiados.


Inspire-se

Descobri que costumo aprender muito com as pessoas que conheço. Não apenas aprendo com elas, mas busco algo que me inspire. Não tenho amigos famosos. Mas tenho vários que me inspiram. E isso faz com que eu busque também ser assim. Não estou falando de TER, mas de SER. Isso requer olhar para o que as pessoas têm de melhor, e procurar copiar. Não há nada de mal nisso. Ler biografias. Refletir sobre pensamos e ideias. Aprender sob o olhar de novos pontos de vista. Isso traz crescimento e amadurecimento.






Orgulhe-se do trabalho

Acima de tudo, você deve pensar na construção de um negócio do qual se orgulhe. Aprendi que não se deve entrar em um negócio apenas para ganhar dinheiro. Se o dinheiro é sua única motivação, então acredito que você não deva iniciar um negócio. Na verdade, ao fazer o seu trabalho com afinco, com qualidade, não pelo dinheiro ou retorno, o resultado virá, mais cedo ou mais tarde.







Contagie

Você precisará caminhar junto com as pessoas. Por isso, contagie seus colaboradores com motivações e aspirações. Estruture o seu trabalho para que explorem uma visão. Deixe claro qual é a visão (de líder) para que possam saber onde desejam chegar. Ao alinhar a visão, que incluem (a participação de) seus liderados, eles se sentirão parte de algo maior, que também desejam. E então estruture o trabalho deles de forma a permitir que também explorem essa motivação (energia contagiante). Alinhados, com energia renovada e dedicação, descobrirão que vocês irão muito mais longe juntos. Mas não se esqueça, todos devem caminhar juntos na mesma visão. Todos nós precisamos de sonhos.


Leia também

EZBIZ ERP - SISTEMA WEB PARA EMPRESA DISTRIBUIDORA

ACESSE QUANDO QUISER E DE QUALQUER LUGAR

Tudo que um sistema empresarial precisa ter acrescido de alta disponibilidade e alta acessibilidade. Ou seja, você pode usar a qualquer hora e de qualquer lugar, até de casa (Home Office), usando seu navegador da internet.



652 visualizações

© 2005-2020 EzBiz Sistemas

work-with-us-4.gif
  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social
  • Twitter Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Social Icon